O VLT Salvador (Veículo Leve sobre Trilhos) vai substituir o trem do Subúrbio – terá 19,9 km de extensão, 22 estações e capacidade de transportar cerca de 200 mil usuários por dia.

O VLT será integrado ao metrô. Um trecho de ligação até o Retiro será implantado com um investimento adicional, assim como será construído o trecho Ilha de São João/Comércio, passando pela Estação da Calçada.

VLT Salvador

O modal metropolitano, que ligará a região do Comércio de Salvador até a Ilha de São João, no município de Simões Filho, será do tipo monotrilho, movido à propulsão elétrica, sem emissão de agentes poluentes, conforme o governo.

Estão previstas intervenções por trechos: o primeiro, entre o Comércio e a estação da calçada, com 3,5 Km; o segundo, entre Calçada e Baixa do Fiscal, com 1,1 km; e o terceiro, entre a Baixa do Fiscal e Ilha de São João, no Município de Simões Filho, com 15,3 Km.

As atuais 10 estações dos trens do Subúrbio serão desativadas e reaproveitadas para prestação de outros serviços à comunidade, como postos da Polícia Militar e centros de atendimento.

Diferentemente do atual sistema que liga o subúrbio à Calçada, o VLT é composto por trens mais leves e com um maior roteiro de paradas.

A perspectiva é de beneficiar, diretamente, os mais de 600 mil moradores do Subúrbio Ferroviário de Salvador.

Projeto VLT Salvador Bahia

Vídeo de apresentação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) do Subúrbio de Salvador.

VLT Salvador Licitação

O Tribunal de Conta do Estado da Bahia (TCE) suspendeu a licitação para a Parceria Público-Privada (PPP) do VLT do subúrbio ferroviário de Salvador. A medida cautelar foi proposta pelo conselheiro relator do processo, Pedro Henrique Lino.

Com a decisão, foi determinado que a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) suste todos os procedimentos referentes à licitação, até que o TCE julgue o mérito da questão. A decisão atende a uma solicitação da equipe de auditores da 7ª Coordenadoria de Controle Externo do TCE, que verificou a existência de indícios de irregularidades no planejamento e na licitação realizada para a PPP.

Através de nota, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) lamentou a decisão do TCE, mas destacou que a deliberação não esgota o processo de análise da medida cautelar. Segundo a PGE, a ratificação do TCE da medida cautelar tem caráter provisório, uma vez que pode ser objeto de modificação ao final do processo pelo Pleno, que decidirá em novo julgamento, já com as informações e documentos apresentados pelo Estado.

VLT Salvador Início das obras

Foi concluída a análise de qualificação e aprovado os documentos do consórcio vencedor da licitação de construção e operação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) de Salvador.

As construções podem começar em novembro de 2018, e serão tocadas pelo Consórcio Skyrail Bahia, composto pelas empresas Build Your Dreams – BYD Brasil e Metrogreen.

A nova linha ligará a região do Comércio de Salvador até a Ilha de São João, no município de Simões Filho, e terá tração elétrica. O trajeto terá 20 quilômetros de extensão, com 22 estações, e substituirá o atual Trem do Subúrbio. São esperados 200 mil usuários por dia.

VLT Salvador SEDUR

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano – SEDUR foi criada pela Lei nº 8.538, de 20 de dezembro de 2002, e tem por finalidade formular e executar a política estadual de desenvolvimento urbano, de habitação e de assistência técnica aos municípios, bem como planejar, coordenar, executar e controlar as atividades de edificações públicas.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (SEDUR) tem por finalidade formular e executar as Políticas de Desenvolvimento Urbano, de habitação de Interesse Social, de Mobilidade Urbana e Interurbana e o manejo de resíduos sólidos e das águas pluviais urbanas, bem como a assistência técnica aos Municípios, no âmbito do Estado da Bahia.

Outras informações e site

VLT Salvador
5 (100%) 1 voto