Teatro Castro Alves Salvador BA (TCA) é um teatro brasileiro. É o maior e mais importante centro artístico de Salvador, capital do estado da Bahia, e se localiza no bairro do Campo Grande em frente à praça de mesmo nome.

A Sala Principal do TCA abriga 1.554 espectadores em um ambiente climatizado e beneficiado por um sofisticado projeto acústico, cujo detalhamento incluiu até mesmo o material usado na fabricação das poltronas e do carpete.

Teatro Castro Alves Salvador BA

Fruto das ideias desenvolvimentistas do governador Antônio Balbino, a história do Teatro Castro Alves, que homenageia o “Poeta dos Escravos”, possui momentos de grandes espetáculos e tragédias, como os dois incêndios que motivaram sua reforma.

O primeiro deles ocorreu antes mesmo de sua inauguração. Era a madrugada do dia 9 de julho de 1958 – cinco dias antes da abertura ao público – e a versão apurada oficialmente foi de que um curto-circuito havia destruído aquele que deveria ser o mais novo espaço cultural de uma cidade que jazia estagnada economicamente – o chamado “Enigma Baiano” que se estendia desde o início do século e nos anos 50 preocupava estudiosos e economistas.

Seu projeto original foi feito pelos arquitetos Alcides da Rocha Miranda e José de Souza Reis, em 1948; porém o edifício construído foi aquele desenvolvido por José Bina Fonyat Filho e o engenheiro Humberto Lemos Lopes, sendo ganhador da IV Bienal de São Paulo com suas linhas e conceitos modernistas e chocando a sociedade baiana de então, avessa a novidades,com sua grandiosidade que incomodava os políticos em disputa pelo poder local. Foi tombado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

As obras foram executadas pela então Secretaria de Viação e Obras Públicas, que na época chegou a publicar o livreto intitulado “A verdade sobre o Teatro Castro Alves” mostrando desde o projeto de lei do então deputado estadual Antônio Balbino em 2 de junho de 1948, fotos e imagens do projeto, entrevista com especialistas e buscando justificar a realização desse projeto ao invés do idealizado por Rocha Miranda e Souza Reis.

Balbino, que introduzira no governo do Estado uma mentalidade de planejamento e fomento econômico, enfrentava sem sucesso as forças conservadoras: Quando pronto a edificação que não possuía os pilares em V sofreu um misterioso incêndio, depois disso a edificação passou a ter os benditos pilares.

Seu aparente fracasso fez com que as obras de recuperação, reiniciadas ainda em seu mandato, fossem abandonadas por Juracy Magalhães – seu opositor.

Situado na principal praça da capital – o Campo Grande – onde um belo monumento erguido pelo governador Rodrigues Lima evoca as lutas gloriosas da Independência da Bahia, o teatro foi praticamente reconstruído pelo governo Lomanto Júnior – recebendo entretanto, por parte da elite local já avessa ao ativismo cultural, grande ojeriza, que somente o tempo foi capaz de vencer.

Foi inaugurado, com a presença, além do próprio governador, do presidente Humberto de Alencar Castelo Branco, a 4 de março de 1967.

Ali se apresentam, para horror de uma sociedade atônita, Gilberto Gil e Caetano Veloso – iniciando a grande agitação cultural que iria – partindo da Bahia – revolucionar o Brasil, nos anos setenta.

Mas o TCA não resistiria incólume ao choque cultural, abandonado por anos a fio, chega aos anos 80 degradado e, finalmente, novamente arde em chamas e em 1989 é novamente fechado.

A partir de 1991, no governo Antônio Carlos Magalhães, o teatro passa por uma ampla reforma ao custo de 10 milhões de dólares que lhe restituiu o vigor do qual originalmente havia imaginado Balbino, sendo reinaugurado mais uma vez em 27 de março de 1993, – desta feita numa cidade que despertara para sua grande vocação cultural, que já reconhecia a genialidade de seus “filhos” antes vistos com escândalo.

Entre outros pontos, foi reforçada a segurança, os espaços de camarim e Sala do Coro, entre outros passaram por modificações e uma polêmica rampa ligando o terraço do foyer ao acesso principal foi acrescentada.

Entre 2009 e 2010, é promovido um concurso público nacional de projetos de arquitetura, voltado à requalificação e ampliação do teatro, organizado pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil, Departamento da Bahia (IAB-BA). O concurso foi vencido pelo escritório paulistano Estúdio América.

Em 2014, o TCA iniciou a venda de ingressos pela internet ou telefone, até então inédito. Os clientes poderão adquirir os ingressos por meio de cartões de débito e crédito por serviço de bilheteria online ou call center.

Em 2016 é concluída a reforma da Concha Acústica, que incluiu dentre outros a construção de uma passarela luminotécnica que permite uma vista aérea da montagem de todos os elementos técnicos de luz e som. A Sala do Coro e a Sala Principal também serão remodeladas.

Teatro Castro Alves Salvador BA Programação

A plateia tem visibilidade do palco perfeita de qualquer ponto. O palco tem boca de cena de 9 metros de altura por 16 de largura e fosso para orquestra com capacidade para 80 músicos. Já os bastidores são equipados com 14 camarins e uma sala de camareira. Por sua excelência técnica e variada programação artística, a Sala Principal do TCA é considerada uma referência nacional.

Acesse o site e veja a programação.

Teatro Castro Alves Salvador BA Ingressos

Adquira ingressos para o TCA Salvador através da empresa Ingresso Rápido.

A Ingresso Rápido é uma plataforma completa para venda de ingressos e gestão de eventos para todos os tipos de espetáculos ao vivo. Maior marketplace do setor no Brasil, as soluções simplificam a forma de administrar as etapas do evento, trazem vantagens para o produtor e gestor de casas fixas. Principal plataforma tecnológica que une as duas pontas do entretenimento brasileiro: produtor e consumidor.

Oferece ferramentas seguras e eficazes, além de soluções inteligentes que revolucionaram a forma como produtores criam e administram seus eventos. Uma empresa brasileira, que presta serviços on line e suporte off line, além de um app que permite a busca de eventos ao vivo por consumidores baseada em seus gostos e localização.

Endereço e Telefone Teatro Castro Alves Salvador BA

  • Praça 2 de Julho, S/n – Campo Grande, Salvador – BA
  • Telefone: (71) 3535-0600

Outras informações e site

Mapa de localização

Teatro Castro Alves Salvador BA
4.8 (95.79%) 57 votos