Sindicato dos Comerciários Salvador

A Carta Sindical do Sindicato dos Comerciários de Salvador foi oficialmente assinada em 16 de julho de 1934, em plena ditadura do Estado Novo de Getúlio Vargas.

A categoria ainda estava dividida em vários sindicatos: farmácia, auto-peças, gêneros alimentícios, óticas etc. Oito anos depois, em 25 de março de 1942, acontece a unificação de todos os trabalhadores do comércio no Sindicato dos Empregados no Comércio da Cidade do Salvador, nosso atual Sindicom.

Sindicato dos Comerciários Salvador

A organização completou um século no ano 2000, no centenário da Associação dos Empregados no Comércio da Bahia (AECB), comemorada com festa no dia 19 de janeiro de 2000.

Criada com caráter beneficente, a AECB logo assumiu papel político de destaque naquele final-início de século defendendo postos de trabalho ocupados por brancos dos negros recém-libertos.

Os então “caixeiros” que participavam ativamente da política local e nacional, inclusive fazendo greves, discordaram dos rumos que a AECB acabou tomando e fundaram a União Caixeiral da Bahia em 1º de junho de 1919, para representar apenas “os interesses” trabalhistas da categoria.

Com participação ativa dos comunistas, finalmente os comerciários, liderados pelo escriturário Antônio Valença, de saudosa memória, criam o Sindicato dos Comerciários de Salvador, que recebe sua carta sindical em 16 de julho de 1934, em plena ditadura do Estado Novo.

Era um período difícil em que o sindicato lutava apenas pelo cumprimento da recém-promulgada Constituição Federal e pela criação de um instituto de previdência que acabou surgindo em 1937 – o Instituto de aposentadoria de Pensões dos Comerciários (IAPC), administrado pelo patronato da Associação Comercial da Bahia, como de resto estavam nas mãos dos patrões os demais institutos de outras categorias surgidos à mesma época. Oito anos depois, em 25 de março de 1942, acontece a unificação de todos os trabalhadores do comércio no Sindicato dos Empregados no Comércio da Cidade do Salvador, o atual Sindicom.

Até 1981, a ação do sindicato sempre esteve ligada aos esquemas dos governos – getulistas, militares…Na eleição sindical daquele ano, surge a primeira chapa de oposição, articulada por comerciários e sindicalistas de outras categorias ligados ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB), tendo a frente o companheiro Reginaldo Oliveira.

Em 1987, a semente plantada em 1981 – e regada ao longo dos anos seguintes – começa a frutificar. Uma grande greve na rede de supermercados Paes Mendonça (hoje Bompreço), inicialmente por melhores salários e condições de trabalho, se espalha por outros setores do comércio, protestando também contra o sindicalismo conservador, autoritário e patronal dos então dirigentes do sindicato.

Sindicato dos Comerciários Salvador Boleto

Para gerar o boleto acesse o link coloque o número do seu documento e senha.

Sindicato dos Comerciários Salvador Dissídio

Os dissídios coletivos são ações ajuizadas no Tribunal para solucionar conflitos entre as partes coletivas que compõem uma relação de trabalho.





Normalmente a negociação coletiva é confundida com o dissídio coletivo e com o acordo coletivo. No primeiro existe uma tentativa de acordo entre as partes, no segundo a decisão de acordo cabe ao Judiciário. Os dissídios coletivos se instauram mediante petição inicial na qual são expostas as reivindicações.

Da negociação coletiva exitosa originam-se normas: o Acordo Coletivo ou a Convenção Coletiva.

O Acordo Coletivo é um conjunto de normas pactuadas entre o sindicato profissional diretamente com uma ou mais empresas, sendo inter-partes, ou seja, atinge somente as partes envolvidas na negociação.

A Convenção Coletiva é um conjunto de normas acordadas entre o sindicato profissional e o sindicato patronal, atingindo toda classe ou categoria. As cláusulas resultantes não podem ser usadas como defesas em lei.

Sindicato dos Comerciários Salvador Convenção

Convenção coletiva de trabalho, ou CCT, é um ato jurídico pactuado entre sindicatos de empregadores e de empregados para o estabelecimento de regras nas relações de trabalho em todo o âmbito das respectivas categorias (econômica e profissional)

Diferentemente dos acordos coletivos, os efeitos das Convenções não se limitam apenas às empresas acordantes e seus empregados.

Uma convenção coletiva de trabalho acaba determinando obrigações e direitos para as partes, que devem ser respeitadas durante sua vigência. Ressalta-se que suas cláusulas não podem ferir direitos previstos na legislação, sob pena de nulidade.Costumam criar para os empregados condições mais favoráveis que a lei.

Horário de Funcionamento Sindicato dos Comerciários Salvador

  • Segunda a sexta das 8h ás 17h

Onde Fica, Endereço e Telefone Sindicato dos Comerciários Salvador

  • R. Francisco Ferraro, 53 – Nazaré – Salvador – BA
  • Telefone: (71) 3555-3300

Outras informações e site

Mapa de localização

Sindicato dos Comerciários Salvador
5 (100%) 2 votos