Morre Auristela Sá, atriz do Bando de Teatro Olodum, em Salvador

Morreu na madrugada desta terça-feira (12), em Salvador, a atriz Auristela Sá, do Bando de Teatro Olodum. A confirmação foi dada por Chica Carelli, uma das diretoras do grupo. De acordo com informações da diretora, a morte foi decorrente de um câncer. O corpo será velado no Lar Franciscano e enterrado no Cemitério da Saudade na cidade de Salvador, ambos em Alagoinhas.

Auristela Sá entrou no Bando de Teatro Olodum na 3ª montagem do grupo, no espetáculo Bai, Bai, Pelô, trilogia do bando. O grupo teve sua estreia em 1991, no centro do Pelourinho. Em parceria com a banda Olodum, o grupo teve como espetáculo de estreia o texto ‘Essa é a nossa praia’, construído através de uma parceria entre diretores e atores.

Entre os espetáculos apresentados, Auristela fez parte de quase todas as montagens do Bando. Ela esteve presente em Bença (2010), Áfricas (2007), Sonho de Uma Noite de Verão (2006),Auto-Retrato aos 40 (2004), O Muro (2004), Oxente, Cordel de Novo (2003), Relato de Uma Guerra que (não) Acabou (2002), Já Fui (1999), Opera de 3 Reais (1999), Um Tal de Dom Quixote (1998), Opera de Três Mirreis (1996), Erê Para Vida Toda Xirê (1996), Zumbi Está Vivo e Continua Lutando (1995), Zumbi (1995), Bai Bai Pelô, O Paí, Ó, Essa é a Nossa Praia, remontagem de 2004 e Cabaré da Raça ( 1997) , onde ela interpreta a cantora Flávia Karine.





Fonte: G1

Morre Auristela Sá, atriz do Bando de Teatro Olodum, em Salvador
4.8 (95.91%) 93 votos




Deixe seu comentário